Tecnologia

Startup de Curitiba é o mais novo unicórnio brasileiro. Vale mais de US$ 1 bilhão! – Tribuna do Paraná

wp header logo 376 Albânia 10

Depois do Ebanx e MadeiraMadeira, a startup Olist é o mais novo unicórnio curitibano, denominação dada às empresas de tecnologia avaliadas em pelo menos US$ 1 bilhão. O anúncio foi feito, nesta quarta-feira (15), logo após o Olist confirmar que recebeu um investimento de US$ 186 milhões (R$ 1 bilhão) liderado pelo fundo americano Wellington Management, o primeiro aporte em uma empresa privada na América Latina. 
Criada em 2015, o Olist oferece serviços de e-commerce, uma espécie de “marketplace dos marketplaces”, para colocar pequenos vendedores em grandes vitrines on-line, como Mercado Livre, Americanas.com e Submarino. 
LEIA TAMBÉM:
>> Quanto um entregador de aplicativo ganha? Remuneração é desmotivadora
>> Greve de ônibus é descartada em Curitiba após acordo entre motoristas, cobradores e empresa
“Com mais de 45 mil lojistas e varejistas como clientes, o Olist sempre esteve na vanguarda do varejo digital, muito antes da hype em torno do crescimento do e-commerce nos últimos anos, que impulsionou ainda mais a busca pelas nossas soluções. Com o novo aporte, pretendemos ir muito além do que fazemos hoje e entregar cada vez mais valor ao nosso cliente”, afirma Tiago Dalvi, CEO e fundador do Olist. 
De acordo com o prefeito Rafael Greca, o Olist é uma inspiração para a retomada econômica de Curitiba. “Vocês são um símbolo da força das empresas que geram tecnologia, eficiência, inovação e empregos no Vale do Pinhão”, justifica ele.
Greca lembra também que o Olist foi parceiro do município para oferecer soluções que apoiassem, no momento mais crítico da pandemia, as atividades econômicas e permitissem a transformação digital dos negócios. “A prefeitura e o Olist se uniram para ajudar os empresários, feirantes e artesãos a criar uma feira virtual, onde os empreendedores pudessem expor seus produtos e vender diretamente aos clientes”, lembra ele. 
O prefeito reforça ainda que, ao alcançarem um lugar no seleto grupo de unicórnios brasileiros, Olist, Ebanx e MadeiraMadeira mostram o amadurecimento do ecossistema de Curitiba. “Da ideia ao bilhão, nossos unicórnios estão implementando novos produtos e experiências de compra e serviços”, justifica ele.  
O Ebanx é líder em serviços de processamento de pagamentos e a MadeiraMadeira é a maior plataforma de produtos para casa da América Latina. No Brasil, também são considerados unicórnios empresas como Nubank, Movile, QuintoAndar, Loggi, 99, Ifood, Loft e Gympass. 
Desde 2019, o Olist  integra o Tecnoparque, programa de fomento da Prefeitura que oferece desconto de 5% para 2% no Imposto Sobre Serviços (ISS) a empresas que investem em tecnologia e inovação na capital. A MadeiraMadeira também recebe o benefício do município. O Tecnoparque é vinculado à Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação. 
Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba, ressalta que o Tecnoparque foi relançado pelo prefeito Rafael Greca em 2018 e, atualmente, 99 empresas são beneficiadas pelo programa, que geram 15,6 mil empregos e faturam R$ 5,7 bilhões. “O Tecnoparque é uma importante ferramenta de política pública do município para impulsionar o crescimento das empresas, do mercado e do giro da economia”, acrescenta ela.
Além de Olist e  MadeiraMadeira também estão vinculadas ao Tecnoparque empresas curitibanas como Positivo, Pelissari, Seccional, Contabilizei, Hi Technologies, Checkmob, Juno, Bcredi e James Delivery.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.