Tecnologia

Smithsonian abre ambiciosa mostra que olha para inovação e tecnologia – Istoé Dinheiro

wp header logo 423 Albânia 10

Semanal
A nave Virgin Hyperloop Pegasus XP-2 está na mostra (Crédito: divulgação)
Edson Rossi – Redator-chefe da Isto É Dinheiro
Para comemorar seu aniversário de 175 anos, o Smithsonian Institute – um complexo americano de 21 museus, centro de pesquisas e um zoológico – abriu no sábado (20) a FUTURES, uma ambiciosa exposição que olha para o futuro, a inovação e a tecnologia. Ela acontecerá até julho do ano que vem e vai ocupar as instalações do Arts + Industries Building, em Washington, que foi reaberto após uma reforma de 17 anos.
Os visitantes terão contato com pelo menos 150 atrações que provocam questionamentos sobre o futuro, elas estão divididas em quatro grandes blocos temáticos (Futuros que Unem, Futuros que Inspiram, Futuros que Funcionam e Futuros Passados). A seguir, as principais atrações.
Futuros que Unem
Nesta unidade da exposição, o foco parte de um questionamento: e se as cidades futuras fossem criadas por todos que vivem nelas? A partir daí há experiências em projetos colaborativos para comunidades sustentáveis ​​e inclusivas, tudo podendo ser feito em tempo real por meio de design de inteligência artificial (IA). Os visitantes poderão conhecer melhor, também, o projeto Oceanix, do escritório de arquitetura Bjarke Ingels Group (BIG). Em parceria com o braço da ONU para habitação, Oceanix trabalha o conceito de construção de cidades em harmonia com os mares a partir da previsão de que mudanças climáticas afetarão 90% das cidades globais até 2050.
Futuros que Inspiram
Neste espaço, a atração está no conceito de carro voador, “um símbolo de futuro por mais de 100 anos”, conforme informam os curadores da FUTURES. “E o voo individual está prestes a se tornar uma realidade mais cedo do que pensamos.” Na mostra, o exemplo é o Bell Nexus Air Taxi – um conceito de táxi aéreo elétrico autônomo para até cinco passageiros que ousa ee decola verticalmente.
Futuros que Funcionam
Destaques para trens supervelozes, como o Virgin Hyperloop Pegasus, projetado para andar acima de 1.000 km/h por meio de um tubo de vácuo ou roupas pensadas para uma vida espacial, além de soluções agrícolas personalizadas que usam o mínimo possível de recursos ambientais para a máxima produção de nutrientes. Um dos experimentos é uma voz de IA sem gênero – voz humana para uso em assistentes digitais especificamente criados para serem ambíguos em termos de gênero. Sim, assistentes virtuais ‘femininas’ costumam ser ‘assediadas’.
Futuros Passados
Um olhar para os inovadores que transformaram a sociedade contemporânea. Parte do acervo das duas dezenas de instituições sob o Smithsonian Institute, como o telefone experimental patenteado por Alexander Graham Bell em 1876, que pertence o Museu Nacional de História Americana.
Tópicos
Copyright ©2021 – Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.
Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.