Tecnologia

Sistema Fiems participa de lançamento de ecossistema de inovação de Três Lagoas – Jornal Dia Dia – Jornal Dia Dia

wp header logo 514 Albânia 10

Jornal Dia Dia
Representantes do Sistema Fiems participaram, na última quarta-feira (01/06), do lançamento do Ecossistema de Inovação de Três Lagoas.
Chamada de “Vale da Celulose”, a rede de colaboração trará uma nova perspectiva para o município através de planejamento discutido entre diversas instituições, entre elas, o Senai.
De acordo com o diretor-regional do Senai, Rodolpho Caesar Mangialardo, a instituição faz parte do comitê de governança do ecossistema.
“A rede envolve o poder público, poder privado e as instituições tanto de inovação quanto de ensino, além de jovens empreendedores. Então, para nós, é motivo de orgulho participar de mais um ecossistema como esse”, afirmou.
As pesquisas desenvolvidas nos laboratórios do Senai, além das ações de qualificação profissional ganharam caráter estratégico com o fortalecimento da indústria de celulose na região.
“Qualquer iniciativa de inovação que ajuda a indústria e a econômica pode contar conosco. Se pudermos potencializar o crescimento da região para nós é sempre fantástico”, ressaltou Mangialardo”.
Com a palestra “O ecossistema empreendedor brasileiro”, de Andrei Golfeto, head de startups, o evento de lançamento foi realizado no ISI Biomassa (Instituto Senai de Inovação em Biomassa).
A palestra abordou sobre ecossistema de inovação, os principais desafios que as startups enfrentam no cenário nacional, bem como as oportunidades para serem exploradas no mercado e como fomentar uma comunidade local.
Conforme o diretor-regional do Senai, a gestão do ISI Biomassa acompanhará o ecossistema de perto e ajudará a encaminhar as demandas para frentes de trabalho adequadas, como, por exemplo, a Startup da Fiem, em Campo Grande, ou o IST (Instituto Senai de Tecnologia) em Alimentos, Bebidas e Sementes, localizado em Dourados.
Andamento do projeto
Até o momento, foram identificadas algumas lacunas e necessidades de desenvolvimento tecnológico para problemas de empresas locais, a partir de um mapeamento do estado atual de desenvolvimento tecnológico da região de Três de Lagoas.
Com base no mapeamento foram definidas duas áreas prioritárias de atuação do ecossistema local de inovação “vale da celulose”.
A primeira é a área de celulose, produção florestal e agronegócio e a segunda a área de automação, eletricidade e tecnologias de informação e comunicação (TIC).
A próxima etapa é a implantação de um projeto de lei com o objetivo de estabelecer as políticas públicas de Ciência, Tecnologia e Inovação, instituindo o Sistema de Inovação, o Conselho de Ciência, Tecnologia e Inovação e o Fundo de Apoio Municipal de Três Lagoas.  

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.