Tecnologia

Margareth Diniz vai assumir o comando da Secretaria de Saúde de João Pessoa – Jornal da Paraíba

wp header logo 414 Albânia 10

Margareth já integra a equipe do prefeito Cícero Lucena, atuando na secretaria de Ciência e Tecnologia do município.
A ex-reitora da Universidade Federal da Paraíba, Margareth Diniz, atual secretária de Ciência e Tecnologia da Prefeitura de João Pessoa, vai substituir o médico Fábio Rocha, na secretaria de Saúde de João Pessoa, conforme apurou o Conversa Política. Rocha entregou o cargo ao prefeito Cícero Lucena (Progressista) nesta quinta-feira (16). Ele já vinha alegando estar física e mentalmente no limite.
Ao Conversa Política, pela manhã, Margareth Diniz disse que na pasta atual está feliz com o trabalho e com os resultados alcançados, mas admitiu que houve conversas sobre o assunto.
Na manhã desta quinta-feira, em entrevista às TVs Cabo Branco e Paraíba, Cícero Lucena afirmou que o novo secretário (a) seria anunciado (a) até amanhã, e que o perfil do novo gestor da saúde teria “experiência pública e capacidade plena de enfrentar o desafio que sempre é a saúde”.
Nascida em Sousa, no sertão paraibano, Margareth Diniz é graduada em Medicina e Farmácia, especialista em Toxicologia Animal, mestre e doutora em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos e pós-doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia (Renorbio).

Em sua carreira como gestora, foi reitora da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) no período de 2012-2020, diretora do Centro de Ciências da Saúde (CCS), presidente do Conselho Deliberativo do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), onde também exerceu a Diretoria Técnica, e foi membro do Conselho Administrativo da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). É embaixadora do Parlamento de Inovação, para o desenovolvimento institucional de Ciência, Tecnologia e Inovação da República do Paraguai-MercoSul.
É pesquisadora permanente do Programa em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos e do CNPq, e é detentora da Medalha do Mérito Farmacêutico concedida pelo Conselho Federal de Farmácia.
Integra grupos de pesquisa de Farmacologia de Produtos Naturais e Sintéticos da UFPB (Pesquisadora); GEFAO: Grupo de Estudos em Fitoterapia Aplicada a Odontologia – UFPB (Pesquisadora); Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Fármacos e Medicamentos (INCT-INOFAR) – UFRJ (Pesquisadora); Investigação dos efeitos genotóxicos, citotóxicos, citoprotetores de produtos naturais e sintéticos frente a células procarióticas e eucarióticas – UFPB (líder); Núcleo de Assistência Farmacêutica – Farmacoterapia e Biofarmácia – UFPB (Pesquisadora); Plantas Medicinais e Tóxicas – UFPB (líder); e Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos – UFPB (Pesquisadora).
 
Desconheço pessoa mais qualificada para a função! Sucesso, Profa. Margareth.
Esta Sra terá muito trabalho: Mais da metade dos postos de saúde dos bairros foram fechados. O que não teve esse destino, esta sem enfermeira, sem atendentes, sem remédios. Não tem nem tenciometros, ou outros instrumentos mínimos é só sucata. Todo funcionário sem farda. Mascaras são distribuídas, duas para o mês todo, para cada agente de saúde. O esvaziamento da saúde municipal é tão grande que, beira o caos.
O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *





O procurador-geral do município, Bruno Nóbrega, disse que equipe do prefeito Cícero Lucena vai analisar cenário epidemiológico na próxima segunda-feira (20) para definir o que será feito.
Com saída de titulares, os suplentes Lindolfo Pires e Trocolli Jr. assegurou mais uma temporada em atividade.
Medidas restritivas para conter a Covid-19 nas festas de ano foram publicadas pelo governador Joao Azevêdo no DOE nesta sexta-feira (17).

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.