Tecnologia

Jundiaí ganha o Centro de Inovação de Educação Básica Paulista (CIEBP) no Mundo das Crianças – Prefeitura de Jundiaí (.gov)

wp header logo 287 Albânia 10

Jundiaí, a Cidade das Crianças e que caminha para se tornar uma smart city ganhou, nesta quinta-feira (21), um novo equipamento voltado para a educação e inovação, o Centro de Inovação de Educação Básica Paulista (CIEBP), entregue pela Secretaria do Estado da Educação, em parceria com a Prefeitura de Jundiaí, no Mundo das Crianças.
A cerimônia contou com a participação do secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares, do prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado e demais autoridades. O investimento realizado no CIEBP de Jundiaí foi de R$ 175.187,82, com obras civis realizadas pela DAE e materiais e equipamentos do Governo do Estado.
“As tecnologias educacionais já são realidade em Jundiaí. O CIEBP chega para agregar ainda mais ao estudante jundiaiense e da região que agora tem, além do Fab Lab, mais um espaço que trabalha com a prototipagem e solução de problemas. Investindo na nossa educação, buscamos formar bons cidadãos e reduzir as desigualdades sociais para chegar ao desenvolvimento desejado”, afirma Luiz Fernando. 
O CIEBP Jundiaí é o 11º do Estado e conta com a parceria da DAE Jundiaí e Unidade de Gestão de Educação. O espaço tem a missão de promover e impulsionar a inovação no ambiente educacional e permite a criação, o desenvolvimento, a avaliação e a disponibilização de práticas e tecnologias para atender aos desafios da educação pública contemporânea. Nas demais unidades, o CIEBP atende estudantes da rede estadual de ensino, em Jundiaí, em virtude da parceria com a Prefeitura, o local irá também receber as crianças da rede municipal de ensino. 
O secretário de educação do estado de São Paulo, Rossieli Soares, disse que a educação jundiaiense é uma referência em todo o território paulista. “Temos o dever de dar a estas crianças a perspectiva de um futuro melhor. Se o município ou o estado falharem na educação, toda a cidade será prejudicada, e é isso que devemos combater”, afirma.
Estarão à disposição dos alunos: Estúdio CMSP que é dotado de câmeras, tablets e materiais de áudio, com foco na Cultura Digital; Hub de Inovação, um espaço para o empreendedorismo e EDTechs, de forma itinerante; Espaço de ‘Programação Descomplicada’, que foca na Cultura Maker e na aprendizagem criativa; Espaço de ‘Robótica e Modelagem’ e de ‘Prototipagem e Fabricação Digital’, para a democratização do trabalho com robótica, programação e na construção de trabalhos com o uso de cortadora a laser e impressora 3D de última tecnologia.
Ao ver os novos materiais disponíveis, o clima dos alunos foi de total animação. “É um incentivo para todos os alunos, e pode ser um diferencial mais para frente, quando tivermos de encarar o mercado de trabalho”, disse a aluna Maria Eduarda Oliveira Moraes, da Escola Estadual Professor Francisco Napoleão Maia.  
“Desde o início do trabalho a Unidade de Educação busca a ruptura entre a fragmentação dos segmentos das escolas municipais e estaduais. Nossos estudantes são todos jundiaienses, e por isso devem ser tratados de maneira igualitária. Iniciamos o trabalho com a cultura maker nos alunos desde os 4 anos de idade, e hoje temos a continuidade na rede estadual de ensino. O CIEBP chega para somar às tecnologias educacionais já aplicadas na rede municipal de ensino”, comenta a gestora da Unidade de Gestão de Educação (UGE), Vastí Ferrari Marques.
O CIEBP está localizado na Praça da Bandeira do Mundo das Crianças, com vista para a Represa de Acumulação, que abastece a cidade. “A implantação do CIEBP no Mundo das Crianças reforça a proposta de criação deste espaço, que é fomentar atividades de educação e proteção ao meio ambiente, aliadas ao lazer e à qualidade de vida. Ter uma sala de aula como esta é um ganho para o Mundo e para a nossa cidade. Os alunos terão a oportunidade de vivenciar novas experiências tendo a represa como cenário de fundo. Para a DAE, é relevante firmar esta parceria com a Prefeitura e o Governo do Estado”, avalia o diretor presidente da DAE Jundiaí, Walter da Costa e Silva Filho.
Ao final do evento, os novos locais foram liberados para os alunos explorarem, e a ‘Cápsula do Futuro’ foi enterrada para. Ela será aberta em 2030 e só então todo o seu conteúdo será revelado.
Assessoria de Imprensa
Foto: Fotógrafo PMJ

Notícias relacionadas
Galeria
Baixe as fotos desta notícia na resolução original
Fique por dentro das notícias do seu bairro e de Jundiaí
Receba as principais notícias de Jundiaí no seu Whatsapp
cadastro whatsapp Albânia 10
Vídeos
Pesquisar
Últimas notícias
Notícias por data
Acesse também

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.