Tecnologia

Com guerra, preços altos e tecnologia, Brasil deve ampliar a safra de trigo – Compre Rural

wp header logo 43 Albânia 10

A guerra entre Rússia e Ucrânia, que causou aumento nos preços do trigo no mercado internacional e também no Brasil, pode trazer oportunidade para agricultores brasileiros. O plantio da safra deste ano pode ser maior, na tentativa de ocupar o espaço deixado por russos e ucranianos, improtantes fornecedores globais do cereal.
Grão típico de inverno e mais apropriado a temperaturas mais baixas, o trigo, por aqui, ainda é mais plantado no sul, especialmente nos Estados do Paraná e Rio Grande do Sul. Mas a cultura está ganhando espaço na região do Cerrado, apesar do clima mais quente na região. Novas variedades de trigo, desenvolvidas pela Embrapa, vêm tornando mais viável o cultivo do trigo em regiões mais quentes.
A maior parte das lavouras de trigo fora da região Sul é irrigada. A Embrapa, no entanto, está com um plano de ampliar a produção do cereal no Cerrado em 100 mil hectares até 2025. O investimento no projeto é de R$ 2,9 milhões pata transferir essa tecnologia já existente e incentivar os produtores. Se atignido o objetivo, o Brasil deixaria de gastar o equivalente a R$ 450 milhões em importações do grão.
Fonte: Revista Globo Rural
Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com
———
Necessary cookies are absolutely essential for the website to function properly. This category only includes cookies that ensures basic functionalities and security features of the website. These cookies do not store any personal information.
Any cookies that may not be particularly necessary for the website to function and is used specifically to collect user personal data via analytics, ads, other embedded contents are termed as non-necessary cookies. It is mandatory to procure user consent prior to running these cookies on your website.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.