Hardware

Honda e Sony se unem para produzir veículos elétricos – Hardware.com.br – Hardware

wp header logo 628 Albânia 10

A Sony e a Honda anunciaram hoje (4) uma parceria para desenvolver veículos elétricos que serão vendidos sob uma nova marca.
De acordo com ambas as companhias, a meta é lançar o primeiro carro em 2025. Em uma coletiva de imprensa realizada hoje no Japão, os CEOs da Sony e da Honda, Kenichiro Yoshida e Toshihiro Mibe, afirmaram que a parceria é “maravilhosa”.
Ambos os CEOs assinaram um memorando de entendimentos para firmar a pareceria com o fim de desenvolver e vender veículos elétricos.
Memorando de Entendimentos ou Memorandum of Understanding (MOU) é um documento de pré-negociação, ou seja, um contrato preliminar, que servirá para reger uma futura relação entre sócios.
No caso de hoje, Toshihiro Mibe se referiu a parceria da Honda com a Sony como “aberta”, ou seja, haverá a possibilidade de incluir outras empresas e, além disso, se expandir para outras indústrias.
O acordo de parceria determina que a Honda produza os veículos elétricos e forneça serviços pós-venda. A Sony fica a cargo de desenvolver conteúdos de entretenimento, sistemas de redes e funcionalidades de navegação.
A parceria entre as duas gigantes japonesas, portanto, estará presente em todas as etapas, desde o desenvolvimento, vendas e à prestação de serviços.
A resposta é simples: o futuro da mobilidade são os EVs. Isso não sou eu quem estou falando, pois o próprio CEO da Sony, Kenichiro Yoshida, afirmou que a “mega-tendência” da próxima década será a revolução na mobilidade.
Leia também
Um novo DeLorean voltará ao futuro como um carro elétrico
Este carro elétrico minera criptomoedas
Yoshida acredita ser importante a entrada da Sony nesse mercado, ressaltando, afinal, a expertise da sua empresa em sensores de imagens, redes e serviços de entretenimento.
Além disso, em 2020, a Sony revelou o Vision-S, um protótipo de veículo elétrico. À época, de acordo com a empresa, serie necessário um parceiro da área de automobilística para dar vida ao carro.
No final do ano passado, esse parceiro começou a dar as caras, consolidando a junção entre Honda e Sony hoje (4).
A parceria entre as empresas é unir o útil ao agradável. As montadoras tradicionais, como aponta o próprio CEO da Honda, estão vivendo um momento crucial: a entrada no mercado de veículos elétricos.
Toshihiro Mibe aponta que a competição no mercado de veículos elétricos irá aumentar devido à entrada das gigantes de tecnologia no negócio, bem como a adoção de meios de transporte mais sustentáveis.
Carro elétrico da XiaomiCarro elétrico da Xiaomi
Desse modo, sobre a parceria com a Sony, o CEO da Honda aponta que a intenção principal é “ser um dos líderes desse mercado”.
Ainda para justificar a parceria, os CEOs destacaram os valores compartilhados entre suas empresas, como a “originalidade e a sede por inovação”. Além disso, eles apontaram para a amizade entre os fundadores da Honda e da Sony.
Soichiro Honda e Masaru Ibuka eram amigos de longa data. Em 1991, Ibuka, fundador da Sony, escreveu um livro sobre sua amizade com o fundador da Honda.
Embora os CEOs da Honda e da Sony enalteçam a grandiosidade da união entre as duas gigantes japonesas no mercado de veículos elétricos, a parceria não é um contrato de exclusividade.
A Honda afirmou, durante o anúncio da parceria com a Sony, que continuará a desenvolver veículos elétricos de maneira independente. Os veículos fabricados pela parceria não serão vendidos em conjunto sob a marca Honda.
No entanto, de acordo com Mibe, a Honda irá adotar as tecnologias criadas pela parceria com a Sony nos veículos com a marca da montadora.
Por falar em marca, a parceria ainda não escolheu um nome para a marca que venderá os veículos elétricos.
Vale ressaltar que a junção não é exclusiva e pode se expandir para outros setores ou adotar novos parceiros.
Pergunte aos experts em nosso fórum
© 1999-2018 Hardware.com.br. Todos os direitos reservados.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.