Hardware

Carros voadores estarão nos aeroportos do Brasil ainda nesta década – Hardware

wp header logo 404 Albânia 10

O Futuro está chegando ao nosso país e os carros voadores estarão nos aeroportos do Brasil ainda nesta década.
Uma parceria entre líderes globais de aviação e de gestão de aeroportos foi firmada com a intenção de explorar as necessidades de infraestrutura para implementar voos de comerciais em eVTOL (aeronave de decolagem e aterrissagem vertical elétrica).
A notícia foi anunciada hoje (02) pela startup britânica de táxis voadores Vertical Aerospace, que divulgou a parceria com a CAAP (Corporacíon América Airports).
A parceria visa desenvolver os “vertiportos” para a pousagem vertical dos carros voadores.
Fundada na Argentina, a CAAP é a maior empresa privada do ramo e atualmente administra 53 aeroportos em todo mundo. A maioria das operações da CAAP ocorre em aeroportos da América Latina.
No Brasil, a CAAP é responsável por administrar os aeroportos de Brasília e de Natal e a parceria com a Vertical Aerospace ainda conta com outros participantes.
A maior companhia aérea do Brasil, a Gol, é uma das empresas que faz parte da parceria e será responsável por preparar a infraestrutura para que o país seja um dos “mercados pioneiros” para táxis de carros voadores.
Além da Gol, a parceria é composta pela Avalon, a maior empresa de locação de aeronaves; e pelo Grupo Comporte, a maior empresa de transporte rodoviário do Brasil.
Aliás, vale ressaltar que a relação entre as três empresas não é recente. Em setembro do ano passado, a Gol formalizou um contrato de compra ou aluguel com a Avalon de 250 carros voadores VX4, fabricados pela Vertical Aerospace.
Enfim, só tem cachorro grande nessa parceria, que irá explorar e definir as locações e designs dos “vertiportos”. Ademais, a parceria avaliará a infraestrutura necessária para operação de carros voadores nos aeroportos do Brasil.
O Brasil é um mercado atrativo para a implementação de carros voadores devido ao seu mercado bem desenvolvido de  Mobilidade Áerea Urbana (UAM) baseado em serviços de helicópteros.
A parceria entre as gigantes do ramo também observou o ecossistema avançado de aviação do Brasil, bem como sua vasta população. Com isso, o Brasil deve se tornar um dos mercados pioneiros para a implementação de carros voadores elétricos.
A Vertical faz uma aposta grande no Brasil, pois São Paulo é a cidade com o maior trafego de helicópteros devido aos enormes congestionamentos no transporte terrestre.
Para iniciar as operações dos carros voadores no Brasil ainda nesta década, cada empresa terá um papel específico na parceria. Por exemplo, a parceria se beneficiará da equipe especial da CAAP  que fará a pesquisa no segmento de Mobilidade Aérea Avançada.
Além disso, a CAPP oferece duas décadas de expertise em construção, design e operação de aeroportos, assim como gerenciamento de tráfego de passageiros.
De acordo com a Vertical, a introdução de carros voadores no Brasil — que possui algumas das cidades mais congestionadas do mundo —, como o VX4, transformará a forma como as pessoas se locomovem na área urbana.
O VX4 também realizará voos de curta distância com zero emissão de carbono que, para a Vertical, revolucionará “o transporte aéreo urbano no Brasil”.
Em seguida, o papel da Gol e do Grupo Comporte foi compromisso de comprar ou alugar no mínimo 250 carros voadores VX4 pela Avalon. Vale ressaltar que a Gol foi uma empresa criada pelos filhos do fundador do Grupo Comporte. Portanto, a capacidade de ambas as empresas no ramo do transporte já está consolidada há um bom tempo.
Além disso, o grupo das empresas parceiras já conduziu projetos para a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) de modo que o órgão conheça o projeto e autorize a implementação de carros voadores no Brasil.
Pergunte aos experts em nosso fórum
© 1999-2018 Hardware.com.br. Todos os direitos reservados.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.