Hardware

Alunos de Petrópolis participam da final nacional da Maratona de Programação e vencem competição paralela de hardware · AeP – Acontece em Petrópolis

wp header logo 988 Albânia 10

Os alunos da Engenharia de Computação Eduardo Gomes, Mateus Garcia e Roger Passos participaram da final brasileira da Maratona de Programação 2021, representando o Cefet/RJ Petrópolis. A competição, que foi organizada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS), aconteceu presencialmente em Gramado (RS).
Este é o segundo ano consecutivo que o Cefet/RJ Petrópolis chega à final nacional da Maratona. O segundo ano consecutivo também de Roger e Mateus como finalistas. Em 2020, eles participaram da maratona em formato on-line, inclusive na final, devido às medidas de prevenção contra a Covid-19.
O trio – que leva o nome random.choice (funny_names) – se classificou para a final ao ficar em 5º lugar no estado do Rio de Janeiro. Finalizaram a competição em 40º lugar, em uma edição que reuniu 534 times de 127 instituições brasileiras diferentes. Eles também participaram e venceram uma competição de hardware livre chamada Caninos Loucos, que foi organizada por Geovane Fedrecheski, Rodrigo Suigh da POLI-USP e Claudio Machado Diniz (UFRGS).
“Saber que em volta de mim tem os melhores programadores do Brasil e que eu faço parte desses melhores programadores é muito inspirador”, declarou Mateus. Esta foi a quarta participação dele e de Roger e a terceira de Eduardo. “É uma experiência incrível ver que todo o tempo gasto foi recompensado. E isso só demonstra o ótimo nível de ensino da minha faculdade”, ressaltou Mateus.
Os ótimos resultados foram possíveis pela boa preparação da equipe, que participou de simulados e contou com a orientação do professor Douglas Cardoso, que também coordena o Grupo de Treinamento para Competições de Programação (GTComP), uma iniciativa que tem capacitado e auxiliado os estudantes desde 2017. “Para mim, a satisfação de presenciar nossos alunos na final brasileira da Maratona é difícil de superar. É resultado de um trabalho de muitos anos deles mesmos, o qual tive a honra de acompanhar de perto. Há anos participei da final brasileira da Maratona ainda como aluno e foi um marco na minha vida. Torço para que eles estejam vivenciando o mesmo”, declarou Douglas, que também esteve presente na final em Gramado, viagem que contou com o apoio do Serratec – Parque Tecnológico da Região Serrana.
Sobre a Maratona de Programação
Considerada a principal competição do gênero no país, a Maratona é organizada anualmente pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e é voltada para alunos de graduação e início de pós-graduação na área de Computação e afins. Os times são compostos por três estudantes, que buscam resolver problemas sob pressão durante cinco horas, usando conhecimentos de programação e algoritmos.
O seu endereço de e-mail não será publicado.




document.getElementById( “ak_js_1” ).setAttribute( “value”, ( new Date() ).getTime() );
Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.