E-Sports

Personalidades esportivas investem em eSports e não é moda passageira – Nerd Site

wp header logo 587 Albânia 10

Então, os games são uma paixão secreta das personalidades esportivas?
O que não faltam nas manchetes da mídia esportiva são notícias de personalidades do esporte entrando no mercado dos esportes eletrônicos. Seja fundando uma equipe de eSports, comprando equipes existentes ou investindo em tecnologia e desenvolvimento de games, nomes consagrados do futebol, do basquetebol ou de outras modalidades mundiais são responsáveis ​​por boa parte da dinâmica na indústria de eSports.

Então, os games são uma paixão secreta das personalidades esportivas? Ou esses astros desejam apoiar o avanço da indústria? Pode ser o caso para algumas personalidades, mas há muitos outros fatores em jogo.

Ronaldo: craque nas arenas reais e virtuais

Ronaldo Fenômeno é fã declarado dos games e esportes eletrônicos. O ex-futebolista é antigo conhecido das mesas de jogos, com participações marcantes nos principais torneios mundiais de poker. Se você também não dispensa as emoções do feltro verde, saiba mais sobre esse incrível entretenimento online.

Com importantes parcerias em segmentos de esportes eletrônicos, o empresário pentacampeão do mundo com a Seleção Canarinho criou uma holding para acelerar seus investimentos em eSports. A nova empresa, Oddz, tem outros três sócios e incorpora a Nomad, startup de games criada por Ronaldo em parceria com a desenvolvedora de jogos eletrônicos Kinship.

No final de novembro, Ronaldo estreou com enorme sucesso o seu canal na Twitch, inspirado por seus colegas Gaules e NinexT, famosos streamers de games. Inclusive, vale marcar na agenda e conferir de perto as façanhas do craque dos gramados na tela da Twitch – em 21 de dezembro, às 19 horas (horário de Brasília), acontecerá a Copa Ronaldo TV de Call of Duty: Warzone, com transmissão ao vivo de seu canal na plataforma.   

Casemiro: paixão pelos jogos de videogame

Outro futebolista que vem deixando sua marca no eSport é Casemiro, volante brasileiro que atua no Real Madrid (Espanha). Em 2020, o jogador investiu numa equipe de Counter-Strike: Global Offensive, levando cinco gamers brasileiros para um ‘bootcamp’ em Belgrado, na Sérvia. Inicialmente inserida no cenário competitivo de CS GO, a equipe denominada Case Esports também atua em outras modalidades, como League of Legends, Valorant e FIFA.

Quem acompanha o cenário dos eSports assiduamente sabe que a atuação de Casemiro não é apenas de um aventureiro querendo “surfar na onda” dos esportes eletrônicos. A montagem da equipe, a estrutura e tudo que envolve sua nova marca deixam claro que o profissionalismo dele no futebol mundial se estende ao seu novo empreendimento.  

Rick Fox: novos investimentos em eSports

Três vezes campeão da NBA e ex-participante da League of Legends Championship Series (LCS), Rick Fox voltou ao cenário dos jogos em março deste ano, com a empresa desenvolvedora HiDef Inc., a qual é cofundador e Diretor de Desenvolvimento de Negócios.

A HiDef Inc. está no meio da criação de seu primeiro videogame, descrito como “um metaverso que define o gênero e coloca os usuários de todas as idades no centro criativo de sua programação diária”.

“Nossa missão na HiDef é fazer jogos que tenham um impacto significativo na vida das pessoas”, disse o CEO Anthony Castoro. “Sabemos que, para muitos, os games fazem parte do seu estilo de vida e cultura. Nós criamos jogos que são projetados para permitir que as pessoas se expressem criativamente e se conectem umas com as outras não apenas de forma divertida, mas com um impacto positivo nas comunidades em todo o mundo”.

Fox já esteve à frente de outra empresa de esportes eletrônicos, a agora extinta Echo Fox. A organização ganhou um lugar na LCS em 2015 ao comprar a equipe Gravity Gaming. Ela se expandiu para outros títulos, como Call of Duty e Counter Strike. Além disso, a organização contratou vários competidores de jogos de luta em vários títulos. A equipe chegou a ter mais de 10 jogadores de games de luta contratados em franquias, Street fighter, Mortal Kombat e Super Smash Bros.

Os eSports experimentaram uma década de crescimento explosivo, passando da esfera do entretenimento para uma comunidade de jogos mais ampla em uma indústria totalmente estabelecida. Além disso, o segmento não dá sinais de paralização, com a previsão de crescimento da receita do mercado global da indústria para até US $ 1,62 bilhão em 2024.
A audiência dos esportes eletrônicos também está aumentando. O público atual está entre 400 e 500 M, com uma divisão uniforme entre observadores “casuais” e fãs de eSports muito dedicados.
O Nerd Site nasceu depois da necessidade de seus criadores procurarem algo diferente na hora de consumir o conteúdo nerd e entretenimento em geral.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.