Tecnologia

Governo Federal possibilita alta tecnologia de conectividade por meio da Piec – Portal Brasil

wp header logo 527 Albânia 10

Notícias
CONECTIVIDADE
O Governo Federal beneficiará, por meio do Ministério da Educação (MEC), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e Ministério das Comunicações (MCom), cerca de 266 mil estudantes de 473 escolas públicas das cidades de Caicó (RN), Campina Grande (PB), Caruaru (PE), Juazeiro (BA), Mossoró (RN) e Petrolina (PE) com internet banda larga de altíssima velocidade e infraestrutura interna WI-FI. A ação será viabilizada por meio da Política de Inovação Educação Conectada (Piec), que visa apoiar a universalização do acesso à internet de alta velocidade e fomentar o uso pedagógico de tecnologias digitais na educação básica.
O projeto-piloto da Piec foi desenvolvido pelo Governo Federal (no âmbito do MEC, do MCTI e do MCom) e implementado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), com apoio de empresas privadas e do terceiro setor.
O projeto engloba cerca de mil unidades de ensino e a primeira fase englobará 473 unidades desse total. A RNP já concluiu a instalação de toda a infraestrutura interna para o pleno funcionamento da rede sem fio em cerca de 430 unidades. 150 dessas unidades já estão totalmente prontas para serem inauguradas.
A Piec foi instituída em 2017, contabilizando um importante ponto na linha do tempo das políticas educacionais que envolvem a tecnologia, já que a mais recente política havia sido estabelecida há mais de vinte anos.
Para alcançar os objetivos estabelecidos, a Educação Conectada foi elaborada com quatro dimensões: visão; formação; recursos educacionais digitais; e infraestrutura. As dimensões se complementam e devem sempre estar em equilíbrio para que a utilização da tecnologia digital tenha efeito positivo na educação.
Além da universalização do acesso à internet, a Política também objetiva dar autonomia aos professores na adoção de tecnologias para a educação; estimular o protagonismo do estudante; ampliar o acesso a recursos educacionais de qualidade; e incentivar a formação de professores e gestores em práticas pedagógicas que promovam o uso de tecnologia.
Tanto as redes públicas de educação básica quanto as próprias escolas públicas podem aderir à Política de Inovação Educação Conectada: as redes, por meio do Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle (Simec); e as escolas, por meio do Sistema PDDE Interativo.
Com informações do Ministério da Educação

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *