Tecnologia

5 inovações tecnológicas da construção civil para ficar por dentro | NSC Total – NSC Total

wp header logo 516 Albânia 10

Tecnologia
Conheça as principais tendências do mercado imobiliário para os próximos anos e como a tecnologia estará ainda mais presente no dia a dia do setor
Compartilhe
A transformação estimulada pela tecnologia tem ganhado força e cada vez mais velocidade nos últimos anos. Muito além do universo dos aparelhos eletrônicos comuns ao dia a dia, outros nichos apresentam enorme evolução no presente e grandes tendências para o futuro breve. A construção civil, por exemplo, contará cada vez mais com a inteligência artificial para desenvolver processos mais ágeis e realizar projetos inovadores que vão transformar o setor imobiliário.
Computação gráfica, robótica, impressão 3D, drones e realidade virtual são apenas alguns dos artifícios que estarão presentes no cotidiano da construção civil, e, consequentemente, nos imóveis nos próximos anos.
> Evento híbrido em Blumenau apresenta tendências para a construção civil
Confira as tendências que vão revolucionar o modo de viver e morar e acompanhe de perto todas as mudanças.
Já imaginou um cão robô acompanhando as construções de um empreendimento? Com o BLK ARC da empresa Leica, será possível. A inovação leva a robótica a um novo patamar e a insere no contexto da construção civil para mapear as áreas e fazer capturas de imagens em 3D, permitindo levantar dados do que está sendo construído e comparar o projeto com resultados parciais da edificação. O resultado da automação de processos como esses são projetos com ciclo de vida mais curtos e entregues em um prazo muito menor do que estamos habituados.
O BIM (Building Information Modeling) é a ferramenta de gestão que reúne informações detalhadas da construção através de desenhos 3D em representações digitais. Ela permite que uma edificação seja modelada de forma totalmente interativa, e facilita aos engenheiros a identificação de problemas que aconteceriam nas etapas seguintes, ou seja, antecipa erros para que sejam definidas soluções o quanto antes. Isso garante um planejamento muito mais ágil e eficaz. Outra vantagem do BIM é a realização de orçamentos muito mais acurados, pois permite o cálculo de investimento de material que será necessário em cada etapa da obra.
> Profissionais com ensino superior têm aumento de 182% na renda
A impressão 3D também é uma das inovações tecnológicas que vão transformar a construção civil e o setor imobiliário. Isso porque as impressoras podem criar construções modulares e pré-fabricar componentes antes de serem instalados. Entre as vantagens da tecnologia estão a diminuição de gastos com logística, a diminuição do desperdício de materiais, a redução da emissão de gases na atmosfera, além de impactar positivamente na segurança dos trabalhadores e na otimização do tempo de construção.
De acordo um estudo realizado pela revista Reports n Reports, o mercado de realidade aumentada atingirá o marco de R$ 247 bilhões em novos negócios até 2023. Na construção civil, está prestes a se tornar um item indispensável para o desenvolvimento e comercialização de projetos. Com projeções 3D e óculos especiais, o profissional pode visualizar todas as etapas da obra, apontar reparos a serem feitos, determinar manutenções e até mesmo aplicar treinamentos em situações de risco. Outra aplicação da realidade virtual é para potencializar as vendas do setor imobiliário, já que os clientes podem fazer uma imersão digital no ambiente que estão cogitando adquirir.
Os drones também prometem fazer história no ramo da construção civil. No serviço topográfico, por exemplo, o drone facilita o trabalho dos colaboradores, diminui a necessidade de locomoção e oferece resultados mais certeiros nessa etapa da obra. Além disso, a tecnologia pode realizar avaliações termográficas de revestimentos, mapeamentos 3D de edificações e contribuir na gestão do canteiro de obras. Tudo de forma rápida e supersegura. Um dos lançamentos da empresa Leica é o BLK 2 Fly, um drone criado para escanear o exterior dos empreendimentos a laser, fornecendo informações como medidas, distâncias e angulações.
Não é só a construção civil que está passando por grandes transformações tecnológicas. A arquitetura também está mudando — e para melhor. Com a realidade aumentada, por exemplo, os profissionais da área conseguem remodelar ambientes de trabalho, visualizar espaços em escala reduzida, trafegar de um cômodo para outro, definir a disposição de móveis de forma mais realista e pensar em soluções para a melhor circulação de pessoas. Mas não para por aqui: a IoT (Internet of Things) é responsável pela automação dos ambientes. Isto é, as casas inteligentes serão cada vez mais comuns nos projetos arquitetônicos.
O FastBuilt Experience é um evento que nasceu do desejo de conectar os profissionais de engenharia, arquitetura, indústria da construção e do mercado imobiliário para compartilhar experiências, promover networking e expandir o conhecimento sobre o setor. Hoje, é um dos maiores eventos de construção civil da América Latina e reúne mais de 40 palestrantes renomados em uma experiência única e enriquecedora.
Este ano, o evento organizado pelas startups FastBuilt e Velo acontecerá no Teatro Carlos Gomes e contará com uma megaestrutura, com painel de LED de alta qualidade, palestras, feiras de negócios, exposições e conteúdos exclusivos. Um dos diferenciais do congresso é o formato híbrido: acontecerá presencialmente, mas será transmitido ao vivo para todo o Brasil. Além disso, quem adquirir ingresso presencial para o evento poderá acessar o conteúdo apresentado por até seis meses.
O evento híbrido sobre inovações na construção civil acontece nos dias 4 e 5 de novembro no Teatro Carlos Gomes, em Blumenau. As inscrições para participar de forma online ou presencial estão abertas no site www.fastbuiltexperience.com.br
Setor de marketing expande e amplia busca por profissionais especializados
Pomerode: 40% dos trabalhadores da cidade atuam no setor industrial

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *