Tecnologia

Entidades pedem liberação de recursos para ciência e tecnologia – Agência Brasil

wp header logo 205 Albânia 10

Ex.Saúde, Presidente, Governo
A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e outras entidades da área de ciência, tecnologia e inovação realizaram nesta sexta-feira (15) uma mobilização em defesa do setor. A iniciativa teve como objetivo pressionar autoridades públicas para recuperar e liberar o orçamento da área, que teve redução de R$ 690 milhões.ebc Albânia 10ebc Albânia 10
Hoje, oito entidades da Iniciativa para a Ciência e Tecnologia no Parlamento (ICTP.br) enviaram uma carta ao ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, para a liberação dos R$ 2,7 bilhões ainda existentes no Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) em 2021.
As organizações questionam também o redirecionamento para outras áreas de R$ 515 milhões originalmente previstos para o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) no projeto de lei nº 16 de 2021. A matéria foi aprovada pelo Congresso Nacional no início do mês, com remanejamento feito a pedido do Ministério da Economia.
A mobilização promovida hoje contou com a parceria com outras organizações da sociedade ligadas ao campo da produção científica, como associações de fundações de amparo à pesquisa, de dirigentes universitários e de pós-graduandos.
Uma das ações da mobilização foi a realização de um debate virtual com representantes dessas entidades. O representante da Associação Nacional dos Dirigentes de Ensino Superior (Andifes), Dácio Mateus, defendeu a reposição dos recursos previstos para a pesquisa científica e destacou que 90% da ciência brasileira é realizada em universidades e instituições públicas.
“Para o desenvolvimento da ciência é fundamental que os recursos necessários sejam continuados e permanentes, para que se possa ter planejamento e se possa avançar no desenvolvimento da ciência e tecnologia. A ciência é feita sobretudo com alunos da nossa pós-graduação, a principal força de trabalho para as atividades científicas”, declarou Mateus.
O presidente do Conselho Nacional de Fundações de Amparo à Pesquisa (Confap), Odir Delagostin, lamentou a necessidade de ter que defender algo “tão importante para o desenvolvimento econômico”. Ele criticou a queda de recursos para as áreas de ciência, tecnologia e inovação no Brasil.
“É imprescindível que os recursos do FNDCT sejam liberados e que a gente tenha recursos necessários para os programas que são tão importantes na área de ciência e tecnologia.”
A presidente da Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), Flávia Calé, afirmou que os cortes mostram uma desvalorização da ciência em meio a um cenário de mudanças tecnológicas profundas no mundo.
“O Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico deve ser tratado de forma estratégica, financiando a carreira científica desde a pós-graduação”, defendeu. A pesquisadora acrescentou como tema de atenção a paralisação da avaliação da Coordenação de Avaliação de Pessoal de Nível Superior (Capes).
Sobre os cortes de verbas na programação orçamentária do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, o Ministério da Economia já havia se manifestado no dia 8 de outubro, quando emitiu nota detalhada sobre a ação.
“Não são recursos originados da reserva de contingência do FNDCT. Entre essas demandas, consta o atendimento de R$ 89,8 milhões para o MCTI. Desse total, R$ 63 milhões serão destinados para despesas com produção e fornecimento de radiofármacos no país. Outros R$ 19 milhões vão para o funcionamento das instalações laboratoriais que dão suporte operacional às atividades de produção, prestação de serviços, desenvolvimento e pesquisa. Estão contempladas ainda despesas do Ministério da Saúde, Educação (R$ 107 milhões para a concessão de bolsas de estudo no ensino superior e outros R$ 5 milhões para o apoio ao desenvolvimento da educação básica), Cidadania, Comunicações, Desenvolvimento Regional (R$ 150 milhões para ações de proteção e Defesa Civil associadas à distribuição de água potável às populações atingidas por estiagem e seca (Operação Carro-Pipa), R$ 100 milhões para a integralização de cotas de moradia do Fundo de Arrendamento Residencial e R$ 2,2 milhões para obras de infraestrutura hídrica) e Agricultura, Pecuária e Abastecimento”, informa o comunicado.
A Agência Brasil entrou em contato com o Ministério da Ciência, Tecnologia & Inovação (MCTI) e a Casa Civil e aguarda resposta.
Edição: Pedro Ivo de Oliveira
Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.
Você será direcionado para o “Fale com a Ouvidoria” da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.
Há, ao todo, 201.198 pessoas com casos ativos da doença em acompanhamento por profissionais de saúde e 21.069.794 pacientes já se recuperaram.
A  plataforma Ancestralidades vai reunir verbetes, biografias, fatos históricos e mapear organizações importantes para compreender as questões raciais negras no país, além de oferecer cursos e incentivar pesquisas. 
Guilherme Arana marca o gol da vitória. Palmeiras vence Santos e segue em segundo.
Governo continuará limitando desembarques internacionais em 3.500 por dia. Autoridades dizem que pode haver demora para conseguir ingressar no país.
Dirce Jorge, liderança espiritual da Terra Indígena Vanuíre, apresentará aspectos da espiritualidade que sustentam os modos de ser e pensar do povo kaingang.
A partida da volta, que decide quem passa às semifinais da LNF, será no próximo sábado (13), às 11h, e também terá transmissão ao vivo da TV Brasil, da EBC.
Avião foi puxado por guindaste e retirado das pedras perto de cachoeira. No acidente, na sexta-feira, morreram cinco pessoas, entre elas, a cantora Marília Mendonça.
Com o projeto 200 Dostoiévski, a UFF reunirá artistas e pesquisadores que trabalham temáticas sobre o autor russo, em lives e vídeos gravados no seu canal do YouTube.
Também foram apreendidas barracas e produtos comercializados de forma irregular. Venda de animais só pode ocorrer em estabelecimentos regularizados e com nota fiscal.
Tripulantes do avião que caiu em Minas Gerais, Geraldo Medeiros e Tarciso Pessoa Viana foram sepultados hoje em Brasília e em Taguatinga, sob clima de forte emoção.
Conheça nossos aplicativos nas lojas online da iTunes e Google

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *