Tecnologia

A importância da tecnologia nas escolas em 2022 – Notícias Concursos

wp header logo 168 Albânia 10

Noticias Concursos – Noticias e Dicas de Concursos, Empregos e Atualidades
Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL
Quando há, na prática, uma aplicação de tecnologia e educação, podemos dizer que os caminhos se tornam promissores. 
Antes mesmo dos impactos que a pandemia de Covid-19 causou, em sua maioria, os países de todo o mundo, já colocavam a tecnologia como recurso de um ensino de qualidade. 
Em paralelo, no Brasil, a chegada da pandemia acelerou o processo de transformação digital e escancarou a urgência em utilizá-la. 
Com o gradual retorno do ensino presencial,  a expectativa da comunidade escolar é, de maneira geral, que as escolas sejam capazes de trazer os benefícios do uso de recursos tecnológicos e, ao mesmo tempo, possam  explorar os benefícios de poder produzir  presencialmente.
Para que os estudantes possam ascender no futuro, é necessário desenvolver habilidades, como a criatividade, a colaboração e a solução de problemas complexos. 
Professores devem incentivar jovens talentos na escola, dizem especialistas
Programação para crianças: quais os benefícios?
Com essas características, os estudantes podem se preparar para os desafios de amanhã. A integração de recursos tecnológicos como o iPad, por exemplo, são essenciais para a promoção e desenvolvimento destas habilidades.
As escolas precisam compreender  os principais pontos de atenção que foram percebidos no ensino emergencial remoto. 
Para que, com o diagnóstico, consigam desenhar um plano de ação. Pelo Brasil, as escolas enfrentam diferentes desafios e em diferentes intensidades, por isso, é preciso avaliar detalhadamente todo o processo. 
Para desenvolver as habilidades dos alunos com o foco em alcançar os objetivos pedagógicos, as escolas poderão se apoiar em tecnologias que as ajudarão a personalizar a aprendizagem e apoiar o estudante de maneira pessoal e única. 
Desta maneira, o conhecimento poderá ser trabalhado, retomado e desenvolvido com o foco no planejamento e na criação de novas experiências. 
A aprendizagem efetiva coloca o estudante como protagonista do processo de ensino.
As tecnologias móveis são essenciais para a personalização do processo e, também, no desenvolvimento da criatividade. 
Universidade oferece curso de enfermagem a distância
Faculdade realiza debates sobre grandes álbuns da história do Rock and Roll 
Enem e vestibulares: Especialista ajuda como controlar a ansiedade antes das provas
Aliada à adoção da tecnologia móvel, o iPad conta também com recursos nativos de Tecnologia Assistiva, que tornam a experiência dos estudantes pessoal e única, respeitando as suas diferenças e necessidades.
A escola do futuro deverá ter uma clara compreensão sobre os processos de ensino, e utilizar os recursos móveis para trazer mais tecnologia à sala de aula. 
Para uma implementação efetiva dos dispositivos, os educadores devem passar pelos primeiros passos de uso do iPad, entender como utilizar estas ferramentas, para implementar diferentes  estratégias de ensino e aprendizagem. 
Conhecendo o básico, os educadores podem, junto com a Sejunta, ser reconhecidos como Apple Teacher.
Após o reconhecimento, é realizado um trabalho de integração do recurso tecnológico com as práticas  em sala de aula, com as metodologias ativas e também com os aplicativos e recursos disponíveis dentro do ambiente Apple para promover novas experiências de ensino e aprendizagem.
As escolas que tiveram o apoio da Sejunta, startup que traz tecnologia, por meio de equipamentos que promovem uma transformação digital no ambiente escolar, durante a pandemia, conseguiram se preparar para o ensino emergencial remoto em menos de 24 horas, tendo todo o contexto de educação preparado para embarcar processos 100% digitais.
Tanto o iPad quanto o Mac, combinado com os recursos e aplicativos utilizados pela Sejunta, somados ao desenvolvimento profissional dos educadores, proporcionaram uma resposta imediata aos desafios da pandemia. 
Instituições parceiras da startup perceberam benefícios imediatos em retenção de alunos, manutenção dos processos de ensino e aprendizagem, facilidade com a implementação do ensino emergencial remoto e também passaram a criar portfólios de trabalhos dos alunos e processos digitais.
Fonte: Guilherme Camargo, CEO da empresa Sejunta. 
E então, gostou da matéria? Não deixe de ler também – NOVO golpe do WhatsApp oferece saque em forma de auxílio

Está “bombando” na Internet:

Jornalista e redatora apaixonada pela área da educação. Escreve sobre a situação educacional no Brasil e no mundo, além de dicas de estudos para concurseiros e vestibulandos.
Seu endereço de email não será publicado.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *