Tecnologia

Empresas de tecnologia e startups apresentam 9 tendências de inovação – Jornal Contábil

wp header logo 99 Albânia 10

Rede Jornal Contábil Rede Jornal Contábil – Notícias atualizadas sobre microempreendedor individual, contabilista, microempreendedor, crédito, INSS, aposentadoria, Imposto de Renda, inss em atraso, coronavouche, Receita Federal, Brasil Jornal Contábil
Os planos de transformação digital continuam sendo muito pautados por temas em consequência da pandemia, como treinamentos remotos e experiências do cliente no meio digital. No entanto, uma realidade pós pandêmica começa a aparecer no horizonte e os líderes já pensam em novas tendências de tecnologia que se tornam prioridades estratégicas. Por isso, a Bain reuniu empresas de tecnologia e startups para mapear as top trends na agenda dos executivos. São elas: 
Quase 60% dos executivos em todos os setores disseram que adotaram ferramentas de experiência do cliente para melhorar os diferentes estágios da jornada do cliente nos últimos cinco anos. A pandemia ampliou profundamente a necessidade dessa transformação digital, mudando o comportamento do consumidor e acelerando as tendências em dois a três anos.
Na jornada digital do cliente, “cutucar” é uma ferramenta cada vez mais comum para levar os consumidores aos resultados desejados. Ela influencia o comportamento do cliente por meio de reforço positivo e mensagens subliminares, geralmente ajudando a atender melhor seus desejos e necessidades.  
O Fórum Econômico Mundial previu que mais da metade de todos os trabalhadores precisarão de requalificação ou requalificação significativa até 2022, a fim de atender à crescente demanda por proficiência em novas tecnologias, pensamento analítico e inteligência emocional, entre outros conjuntos de habilidades. Mas a pandemia afetou esse cronograma. A maioria das empresas – já lutando contra a falta de agilidade e envolvimento dos funcionários em seus programas de treinamento – descobriu que seus problemas eram exacerbados pelo treinamento remoto. Além disso, a Covid-19 destacou a necessidade de novas formas de trabalho, não apenas para se adaptar a crises futuras, mas também para atender à crescente demanda por trabalho remoto.
Para tornar o treinamento mais eficiente e agradável, empresas líderes em setores como varejo, saúde e serviços profissionais se voltaram para a gamificação. Startups como a Attensi estão transformando o treinamento com simulações gamificadas, imergindo os funcionários em situações autênticas e fornecendo incentivos – como sistemas de pontuação ou tabelas de classificação – para desempenho. Attensi acredita que os jogos de treinamento estimulam o envolvimento e a repetição necessários para mudar comportamentos de maneira duradoura. Ele também permite que os empregadores rastreiem os níveis de habilidade e melhorias em relação aos KPIs reais, como vendas, experiência do cliente e produtividade, permitindo que eles avaliem o aprendizado e o desenvolvimento.
No ano passado, uma avaliação racial levou muitas empresas a se comprometerem publicamente com a melhoria de sua agenda de diversidade, equidade e inclusão (DEI). Um estudo recente da LinkedIn Talent Solutions descobriu que o número de pessoas em funções de liderança de diversidade – gerência e diretoria –  aumentou 75% e 68%, respectivamente, nos últimos cinco anos. O estudo também proclamou o chefe da diversidade como o “Trabalho do Momento.” Uma base diversificada de talentos também se tornou uma exigência para os jovens que procuram emprego, que priorizam cada vez mais os valores pessoais ao decidir onde trabalhar.
Além da resposta à injustiça sistêmica, as empresas estão começando a entender que a diversidade é benéfica tanto para a tomada de decisões quanto para o retorno do investimento. Equipes com diversidade de gênero tomam melhores decisões de negócios 73% das vezes, enquanto equipes com diversidade geográfica e de idade fazem isso 87% das vezes. E 64% dos consumidores dizem que são mais propensos a considerar ou comprar um produto depois de ver um anúncio que consideram diverso ou inclusivo.
Para ajudar as organizações a atingir suas metas de recrutamento de DEI, empresas como a pymetrics estão usando uma combinação de ciência comportamental e tecnologia de IA auditada. Com avaliações comportamentais voltadas para o futuro, a plataforma da pymetrics avalia o potencial dos candidatos, enquanto remove o preconceito implícito do processo de recrutamento. Além disso, oferece soluções para a gestão de talentos baseada em dados, bem como a redistribuição de funcionários deslocados, para ajudá-los a encontrar um “pouso suave” em uma nova função.  
Grandes marketplaces como Alibaba, Amazon e Rakuten tiveram um crescimento exponencial na última década. Uma opção de compra conveniente, os mercados representaram quase 50% das compras online em 2019.
No entanto, recentemente, empresas começaram a se afastar dessas plataformas para estabelecer seus próprios mercados. Uma plataforma própria permite que as marcas se beneficiem do efeito de rede: elas podem agregar e vender produtos e serviços adjacentes, criando um balcão único para seu cliente-alvo. O efeito de rede pode impulsionar a aquisição e retenção de clientes, além de reduzir o custo para atender cada cliente.
Essa tendência emergente deu origem a empresas como a Mirakl, que ajuda as marcas a lançar mercados rapidamente e fornecer serviços de qualidade em escala por meio de uma plataforma totalmente configurável, um ecossistema com curadoria de vendedores e parceiros, segurança total e automação avançada. Por exemplo, um varejista global de bricolagem criou um mercado para sua expansão em uma nova região. Em 18 meses, suas ofertas cresceram oito vezes, chegando a 300 vendedores, e o mercado representou 30% do comércio eletrônico total na nova região, sem canibalizar as vendas de produtos existentes.
Com a imprevisibilidade da demanda e choques no fornecimento de restrições comerciais e escassez de produtos, a Covid-19 fragilizou cadeias de fornecimento globais.
No entanto, mesmo antes da pandemia, as empresas lutavam com programas de otimização da cadeia de suprimentos. De acordo com uma pesquisa da Bain com executivos de vários setores, 75% das empresas não atingem suas metas de produtividade de custo. Os silos entre as divisões de negócios e geografias costumam ser os culpados. Eles obstruem o compartilhamento e a comunicação de dados, causando problemas como longos prazos de entrega ou gerenciamento de estoque ineficiente.
As plataformas “IBP” estão ajudando empresas globais a contornar silos para transformar suas cadeias de suprimentos, planejamento financeiro e de receita e processos de tomada de decisão. Por exemplo, o 9 Solutions desenvolveu uma plataforma para conectar todas as entradas relevantes em dados estruturados e não estruturados, fornecendo visibilidade de ponta a ponta da cadeia de suprimentos. Substituindo um processo de planejamento manual baseado em planilhas, uma empresa de petróleo e gás estabeleceu a plataforma integrada como uma fonte única de verdade. Com total visibilidade, ele foi capaz de melhorar a precisão do planejamento, enquanto reduzia o estoque e os custos de navios e embarcações não utilizados.  
De acordo com um estudo de 2020 da Harvard Business Review, 86% dos executivos dizem que os funcionários da linha de frente precisam de uma visão melhor habilitada para a tecnologia para tomar boas decisões no momento. À medida que as empresas se tornam cada vez mais centradas no cliente, a necessidade de criar um fluxo de dados e percepções de e para as pessoas mais próximas dos clientes – a linha de frente – continuará crescendo.
Para filtrar e analisar grandes quantidades de entrada, as empresas líderes estão buscando inteligência coletiva habilitada para IA. Embora a IA seja altamente eficaz no reconhecimento de padrões, a falta de criatividade causa uma perda de insights em dados não estruturados. Mas a combinação de IA e recursos humanos pode ajudar a curar insights da linha de frente, trazendo maior agilidade e eficiência para a resolução de problemas e tomada de decisões. Ao abordar o potencial inexplorado da linha de frente, as organizações podem descobrir novas maneiras de abordar as prioridades estratégicas, especialmente em torno da experiência do cliente.
A empresa de tecnologia bluenove construiu o Assembl, uma plataforma de inteligência coletiva massiva, para ajudar grandes organizações a identificar rapidamente os insights. Assembl utiliza o reconhecimento de linguagem natural para destacar conceitos e palavras-chave recorrentes em debates, permitindo que os usuários acompanhem as tendências do discurso em tempo real. Usando o Assembl, uma empresa de serviços financeiros contratou mais de 11.000 funcionários em uma conversa para co-criar a estratégia de desenvolvimento da empresa na África, em modelos de negócios, produtos, fusões e aquisições e muito mais. Saindo da discussão, os funcionários puderam determinar, priorizar e apresentar 20 prioridades estratégicas ao conselho – 15 das quais o conselho endossou para a agenda estratégica.
Quando se trata de sustentabilidade, os consumidores estão prestando muito mais atenção e tomando muito mais ações. De acordo com uma pesquisa da Bain, dois em cada três brasileiros seriam mais leais às marcas comprometidas com o meio ambiente. Essa mudança na preferência do consumidor colocou a sustentabilidade no topo da agenda corporativa, especialmente após a pandemia. Outro levantamento da Bain aponta que mais da metade dos executivos dizem que a Covid-19 só aumentou a importância da sustentabilidade para seus negócios.
Trabalhando com a Bain, uma empresa global de alimentos agrícolas criou uma solução abrangente de abastecimento sustentável que permite aos clientes rastrear seus alimentos desde o campo até o portão da fábrica. Ele reporta através de métricas de sustentabilidade, permitindo que os consumidores diferenciem os produtos e pressionem as marcas a se comprometerem com as metas sociais e ambientais.
Com um mercado estimado em US$ 1,1 bilhão em 2019 – com expectativa de crescer cinco vezes até 2025 – a computação quântica é uma tecnologia emergente destinada a remodelar radicalmente o mundo, resolvendo problemas difíceis além do poder de qualquer supercomputador convencional. Os computadores quânticos podem processar combinações exponenciais de múltiplas dimensões, permitindo 10.000 vezes a velocidade e o gerenciamento da complexidade dos supercomputadores. A IBM e o Google continuam na vanguarda no setor quântico, mas a atividade de capital de risco está se acelerando, com investimentos de cerca de US$ 480 milhões em 2020 – mais do que o dobro dos US$ 200 milhões estimados investidos em 2019. No entanto, ainda existem desafios significativos em relação a custo e eficiência energética, dificultando a escalabilidade comercial da tecnologia.
Seeqc, um spinout da desenvolvedora de supercondutores Hypres, está abordando o desafio quântico de forma diferente. Usando chips supercondutores específicos para aplicativos, o Seeqc visa fornecer soluções escaláveis, econômicas e de baixo consumo de energia. Para empresas como a Merck & Co., que tem parceria com a Seeqc, isso pode significar computadores quânticos especificamente adaptados para resolver diferentes problemas em seus negócios. Embora ainda seja cedo, a plataforma demonstra um caminho claro para dimensionar a computação quântica para casos de uso comercial.  
É impossível ignorar o zumbido atual em torno dos NFTs. Esses identificadores digitais anexam a propriedade verificada a itens virtuais em blockchain, protegendo-os contra replicação, tornando-os únicos, aumentando seu valor e gerando oportunidades de negócios.
Os NFTs podem ser usados para vender itens digitais colecionáveis: Considere como a NBA arrecadou mais de US$ 230 milhões com destaques em vídeo habilitados para NFT. Além disso, os NFTs têm o potencial de transformar o relacionamento entre marcas e clientes ao desbloquear incentivos exclusivos. Eles também podem servir como passaportes digitais seguros que garantem a autenticidade dos produtos, tornando-os úteis para varejistas e consumidores de luxo, entre outros. Por exemplo, o relojoeiro suíço Vacheron Constantin lançou o Hour Club, uma plataforma digital exclusiva para proprietários que oferece rastreamento e autenticação habilitados para NFT para seus relógios, conteúdo personalizado e convites para eventos.
Embora os NFTs estejam concentrados principalmente em produtos de consumo e mídia, esse fenômeno está se acelerando rapidamente. Só o tempo dirá como a tecnologia evoluirá entre os setores.
Conforme as empresas traçam seu caminho pós-pandemia, as organizações vencedoras considerarão essas nove tendências e identificarão de forma proativa estratégias e parceiros de inovação para ajudá-los a navegar em sua jornada.
Bain & Company, somos uma consultoria global que auxilia empresas e organizações a promover mudanças que definam o futuro dos negócios.
Supervisor de Redação do Jornal Contábil e responsável pelo Portal Dia Rural.
Noticia anterior
Simples Nacional: Como pagar Débitos vencidos?
Próxima noticia
Empresas de tecnologia e startups apresentam 9 tendências de inovação
Auxílio Emergencial pode ser prorrogado pelo governo
INSS: epilepsia pode dar direito a aposentadoria
Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 75 milhões
Salário mínimo de R$ 1.200 pode aumentar benefícios do INSS e PIS
Comentários estão fechados.
Últimas Notícias
Auxílio Emergencial pode ser prorrogado pelo governo
INSS: epilepsia pode dar direito a aposentadoria
Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 75 milhões
Salário mínimo de R$ 1.200 pode aumentar benefícios do INSS e PIS
Revisão do FGTS com limite de R$ 10 mil vai sair quando?
Nubank oferece cartão de crédito para negativados; veja como
Como negociar IPVA atrasado? Fuja das multas em 2022
13° salário começa a ser pago no dia 30. Veja quanto você vai receber
CadÚnico: Quais são os documentos necessários para fazer a inscrição?
Dez palavras em inglês que não significam exatamente o que parecem
Como evitar que medos comuns da infância se transformem em patológicos
Suspensão do direito de dirigir: Entenda quais são as infrações que cancelam a CNH por dois anos.
SPED ECD: Versão 8.0.9 do programa está disponível
Como é a jornada de implantação da Governança Corporativa em empresas familiares
Auxílio Brasil começa a ser pago neste mês de novembro. Veja o calendário
Supremo Tribunal Federal analisa apuração não cumulativa de PIS/Cofins
Existe a possibilidade de alterar o regime de bens após o casamento?
Nubank: Como é o novo cartão de crédito para negativados disponibilizado pela instituição?
Prova de vida do INSS será diferente em 2022. Confira as alterações
Vantagens de aplicar o design thinking na sua empresa!

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *