Tecnologia

SNCM deve impulsionar uso de tecnologias de gestão e armazenagem – medicinasa.com.br

wp header logo 77 Albânia 10

A partir de abril de 2022, todo medicamento distribuído em solo brasileiro deverá estar catalogado e serializado, sob exigência da Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, pelo Sistema Nacional de Controle de Medicamentos (SNCM). Esse processo será feito por meio de um código bidimensional inserido na caixa dos produtos, parecido com um QR Code, que permite que informações sobre o medicamento, como data de validade, número de série e registro na Anvisa, sejam visualizadas na web.
Por conta deste novo cenário, os fornecedores de serviços logísticos terão que se adaptar à nova regulamentação (RDC 319), uma vez que a distribuição e entrega destes produtos só poderá ser feita por empresas que passarem por um rígido processo de checagem de qualidade feito pela Anvisa. Sendo assim, a validação de produtos e checagem de etiquetas, processos que soam como aparentemente pequenos, ganharão uma nova relevância com a mudança na lei 11.903/2009.
“É um processo que pode soar como uma grande burocracia, mas é uma burocracia necessária, já que o controle vem como um forte potencial para proteger o mercado de medicamentos falsificados ou de baixa qualidade”, afirma Anderson Benetti, head de Produto de Logística na Senior Sistemas, empresa especializada em sistemas de gestão com forte atuação no segmento logístico.
Benetti aponta como essas etapas, que passarão a ser obrigatórias com a nova legislação, servem para garantir uma “chancela de boas práticas” à empresa responsável pela Logística.
“Num primeiro momento, são avaliadas as instalações e infraestruturas da companhia, para então ser feita uma análise de desempenho em tempo real, com acompanhamento de ações, status de entregas, etc”.
Além desses processos, a Anvisa também fiscalizará as tecnologias que estão em uso, por isso é esperada uma alavancagem na adoção de sistemas que contribuem para uma maior organização e eficiência na armazenagem de produtos, como as de WMS (Warehouse Management System).
“Estarmos falando de medicamentos, que podem influenciar diretamente a qualidade de vida de uma pessoa. É imprescindível que toda análise seja feita o mais minuciosamente possível. O uso de tecnologias para a gestão, como a de WMS, será fundamental para garantir a eficiência nos processos, e afastar também qualquer possibilidade de erros humanos”, diz Benetti.
Dados revelam que o mercado de logística vive um período de grande aquecimento. O WMS da Senior Sistemas aponta um crescimento de 81% no volume de pedidos realizados via e-commerce no primeiro semestre de 2021, em relação ao mesmo período do ano passado. O número reforça que prestar atenção em quem maneja o produto, além do produtor em si, se tornou fundamental para manter a qualidade e o desempenho das atividades logísticas no mercado atual.
A Medicina S/A é a mais importante revista de negócios, gestão e liderança do setor médico-hospitalar no Brasil. Com alto padrão editorial, nosso conteúdo apresenta os mais recentes e importantes avanços em Inovação, Tecnologia e Boas Práticas em Saúde. Compartilhamos a visão de empresas, instituições e profissionais que estão transformando o mercado de healthcare.
Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.
Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.
Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.
Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.
Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.
Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *