E-Sports

Em spin-off, Globo Ventures cria startup de eSports e games – propmark.com.br

wp header logo 92 scaled Albânia 10

Não fique desatualizado. Receba novidades no seu e-mail
Digital
Com isso, projetos proprietários serão transferidos para a Player 1 Gaming Group
Por ⠀Propmark
0
O mercado de games teve uma grande movimentação nesta quinta-feira (1º), com o anúncio da Globo Ventures sobre o spin-off de sua divisão de eSports e games. A partir de agora, a Player 1 Gaming Group segue como uma empresa independente.
O momento coincide com o marco da superação de um milhão de gamers na Player1, plataforma que reúne times e organiza campeonatos amadores de eSports. Essa plataforma, que está no centro da estratégia do negócio, ajuda a batizar a nova empresa.
A aproximação estratégica da Globo com o universo gamer começou em 2017, a partir do desenvolvimento de um ecossistema de iniciativas inter-relacionadas para gerar valor para a comunidade de fãs, por meio da valorização e profissionalização de toda a cadeia de eSports.
Além da parte de mídia, coberturas e transmissões, que seguirão nos canais Globo, uma série de projetos proprietários e parcerias estratégicas serão transferidos para a nova empresa: a própria plataforma Player1; as competições estudantis, qualificatórias e profissionais (JEE, TUeS, CBCS, eGol, WESG Latam, e as séries de acesso da LBFF); os eventos (Prêmio eSports Brasil, GG eSports Summit); a empresa de gestão de ligas de eSports (LnK Gaming); os canais digitais dedicados (eSporTV); e o núcleo de produção e co-produção de conteúdos especiais responsável pelo desenvolvimento de reality shows e projetos diversos (como o No Gás do Just Dance, FC Futebol de Casa, Looking for a Caster e Looking for a Streamer).
CRESCIMENTO
De 2017 até aqui, o mercado de games e eSports cresceu fortemente, e ainda foi potencializado com as pessoas em casa durante a pandemia. De acordo com a consultoria Newzoo, o Brasil tem 90 milhões de gamers movimentando cerca de R$ 10 bilhões, número que cresceu 25% em 2020.  Mais de 24 milhões consomem conteúdo de eSports, o que coloca o Brasil na terceira posição mundial em audiência, atrás apenas de China e Estados Unidos em números absolutos.
No ecossistema Globo, os eventos e ligas cresceram em audiência, repercussão e patrocínio, os conteúdos de games e eSports alcançaram o mainstream, e a plataforma Player1 superou um milhão de usuários. A partir destes resultados, o caminho do spin-off se mostrou uma estratégia assertiva para acelerar e crescer o negócio.
“Neste spin-off, vamos levar os ativos desenvolvidos, as parcerias estabelecidas e o time que liderou todas essas frentes na Globo. Vamos dar sequência aos projetos de games com a Globo, com marcas e publishers, mas daremos grande foco para escalar o negócio D2C, nos arriscando mais e sendo mais ágeis”, afirmou Leandro Valentim, CEO da Player1 Gaming Group.
Os canais eSporTV serão rebatizados de Player1.
Veja as verticais do negócio:
Competições
As iniciativas cobrem todo o espectro competitivo, do gamer amador ao pro-player. A Player1 opera a camada amadora a partir de acordos com os principais publishers do mundo, como Garena, Riot, Epic Games, Ubisoft, Konami e Supercell, com torneios recorrentes e projetos especiais, como os Jogos Escolares Eletrônicos (JEE), LBFF 3ª divisão, eGol Open, e WESG qualify.  No topo da pirâmide competitiva, parcerias de gestão do WESG Latam e da LnK Gaming, que opera alguns dos principais campeonatos do Brasil, como CBCS, eGol Pro, LBFF 2ª divisão, e o Torneio Universitário de eSports (TUeS).
Causas
Possui um olhar para temas sociais e bandeiras que precisam de ação, atenção e palco. Projetos e parcerias com foco em inclusão, formação e oportunidade (AfroGames), comunidade LGBTQIA+ (Copa Rebecca Heineman), inserção da comunidade feminina (Game Changers, Batalha das Valquírias, Emissárias, PES das Minas).
Live experience
O Prêmio eSports Brasil, que vai para sua 5ª edição em dezembro de 2021, o GG eSports Summit, as finais presenciais das principais competições, e a futura Player1 Arena são algumas iniciativas que retomarão ações com público assim que as condições sanitárias permitirem.
Conteúdos
Canais dedicados no YouTube, Twitch, Instagram, Facebook, Twitter, Tiktok e Booyah para cobertura 360º das verticais de live experience e competições, e a Player1 Studios, um núcleo de produções originais e co-produções digitais e crossmídia com canais Globo (TV Globo, SporTV, Multishow, GNT, ge.globo e VIU Hub), que têm produções como ‘No Gás do Just Dance’, ‘FC Futebol de Casa’, ‘Looking for a Caster’ e ‘Looking for a Streamer’.
63309 artigos
Você sempre atualizado com os melhores conteúdos e notícias sobre marketing.
Todos os direitos reservados.
Receba conteúdos exclusivos no seu e-mail

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *