Tecnologia

Cinco tecnologias em que EUA devem focar para se manterem superpotência, segundo agência americana – Sputnik Brasil

wp header logo 24 Albânia 10

Para aperfeiçoamento do funcionamento do site e com a finalidade de propiciar uma melhor experiência para os nossos usuários, por meio, por exemplo, da exibição de conteúdo mais relevante e de publicidade personalizada, nós coletamos seus dados pessoais, preferencialmente anonimizados, com auxílio de soluções tecnológicas, inclusive usando ferramentas de nossos parceiros.
Você pode consultar a descrição detalhada do processo de tratamento de dados pessoais na Política de Privacidade. A descrição detalhada das tecnologias usadas por nós é apresentada na Política de Cookies e Registro Automático de Dados.
Ao pressionar o botão “Aceitar e fechar”, você consente, de maneira expressa, livre, informada e inequívoca com o tratamento de seus dados pessoais para os fins acima referidos.
Você pode revogar seu consentimento, a qualquer tempo, usando os meios indicados na Política de Privacidade.
Oficiais de inteligência norte-americanos advertiram que o status dos EUA como uma superpotência global depende da manutenção da liderança em cinco tecnologias-chave. Saiba quais são.
Oficiais de inteligência dos EUA afirmaram que estão preocupados com o fato de que o roubo estrangeiro de tecnologias norte-americanas possa não só retirar de Washington a liderança econômica em setores-chave, mas também ameaçar a capacidade do país de permanecer ativo nas indústrias.
De acordo com relatório do Centro Nacional de Contra-espionagem e Segurança dos EUA, citado na sexta-feira (22) pelo portal CNBC, para permanecer uma superpotência global, Washington deve continuar a manter a liderança em inteligência artificial, computação quântica, biociência, semicondutores e sistemas autônomos.
As autoridades citam atividades legais e ilegais, especialmente aquelas conduzidas pela China, que prejudicaram a competitividade em setores como aço e painéis solares. Eles também apontam a eliminação da indústria ferroviária australiana pela China como um exemplo.
O ex-diretor de software observou ainda que as defesas cibernéticas em alguns departamentos do governo dos EUA estavam no “nível do jardim de infância”https://t.co/MWhgJWzedO
Os oficiais norte-americanos argumentam que o vencedor da corrida para desenvolver computadores quânticos terá uma grande vantagem estratégica.
É enfatizado no documento que é extremamente importante tomar medidas para diminuir a crescente dependência de Washington de empresas estrangeiras de biotecnologia, que estão cada vez mais obtendo acesso à propriedade intelectual dos EUA no campo da biociência.
A fragilidade que a indústria de semicondutores mostrou durante a pandemia do novo coronavírus é citada pelo relatório, além de especificar que os EUA dependem em grande parte de uma única empresa em Taiwan. Observa também que os adversários de Washington podem acessar a cadeia de suprimentos e colocar chips comprometidos nos sistemas de Defesa e comerciais dos EUA. Nessas circunstâncias, o país deve ter atenção especial ao setor de semicondutores.
O documento conclui ressaltando que os sistemas autônomos também representam uma ameaça potencial à segurança norte-americana, caso hackers explorem suas vulnerabilidades e coletem uma grande quantidade de dados sobre cidadãos e empresas nos EUA. Por isso, o relatório frisa que é importante que o país domine essa área.
Ao pressionar o botão “Publicar”, você concorda expressamente com o processamento de dados da sua conta no Facebook para permitir que você comente notícias no nosso site usando essa conta. Você pode consultar a descrição detalhada do processo de processamento na Política de Privacidade.
Você pode cancelar seu consentimento removendo todos os comentários publicados.
Estamos comprometidos em proteger suas informações pessoais, por isso atualizamos nossa Política de Privacidade em concordância com o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GPDR), uma nova lei europeia que entrou em vigor no dia 25 de maio de 2018.
Por favor, confira nossa Política de Privacidade para entender quais dados nós coletamos, como os usamos, bem como seus direitos de proteção de dados.
Visto que você já compartilhou seus dados pessoais conosco para criação de conta pessoal, para continuar usando-a, por favor, selecione a opção abaixo:
Se você não quiser que continuemos processando seus dados, por favor, clique aqui para excluir sua conta.
Se você tiver qualquer dúvida ou reclamação sobre nossa Política de Privacidade, por favor, entre em contato conosco através do e-mail: [email protected].
O cadastro e a autorização do usuário nos sites Sputnik através da conta ou contas do usuário nas redes sociais significa a sua concordância com estas regras e condições de uso.
O usuário se compromete a não violar a legislação nacional e internacional, bem como a se expressar de forma respeitosa relativamente aos participantes da discussão, aos leitores ou pessoas que figurem nas matérias do site.
A administração do site tem o direito de apagar (remover) os comentários feitos em outras línguas que não a língua principal do site.
Os comentários postados pelos usuários podem ser editados em todas as versões do site sputniknews.com
Serão apagados os comentários que:
A administração do site tem o direito de bloquear sem aviso prévio o acesso do usuário à página, ou remover a sua conta em caso de violação das regras e condições de uso dos comentários, ou deteção de sinais de tal violação.
O usuário pode iniciar a recuperação de seu acesso à conta, enviando um mail para o seguinte endereço: [email protected]
O mail deve conter:
Se os moderadores considerarem possível restaurar o acesso à conta isso será feito.
No caso de violação repetida das regras e de novo bloqueio, o acesso do usuário não pode ser restaurado, o bloqueio neste caso será completo.
Para entrar em contato com a equipe de moderadores, utilize o e-mail: [email protected]
Inscreva-se para receber notificações da Sputnik Brasil

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *